Livros que você precisa ler

Dierlijk

 Dierlijk

Ferenc Mavag

Dierlijk – 1914  – Ed. Relógio d´Ouro.

( ? – 1814)

Hungria/Holanda

As palavras port-monteau, apreciadas por James Joyce e Lewis Carrol, eram pouco para o escritor húngaro Ferenc Mavag. Ele criou bem antes destas as palavras-zoológico. A palavra-morcego, a palavra-cachorro e a palavra-cobra, entre outras. A palavra morcego, sempre aspeada, à espreita, a palavra-cachorro, sempre junta do substantivo, e a palavra-cobra, repetindo seus esses. O autor fez uso das suas brincadeiras gramaticais nesse livro famoso, o Dierlijk. Trata-se de um conto longo publicado primeiramente no jornal Népszabadság em 1814. O excêntrico Mavag foi médico, conferencista e presidente da Sociedade de Telepatas de Budapeste, além de escritor. Dierlijk conta-nos uma história sobre um homem, um escritor, atacado por suas próprias personagens após uma noite de bebedeira em uma taverna “úmida como um útero”. O alter-ego morreu poucas horas antes do autor, que só deixou essa obra pronta. Dierlijk, porém, permanece como uma obra imortal, recheada de medo, desilusão e sarcasmo. Para o leitor cada letra representa o gotejar incessante de um tempo que não voltará. A primeira edição em livro, datada de 1828, conta com gravuras que supõe-se do pintor espanhol Francisco Goya. Mas a hipótese nunca foi comprovada.

Trechos:

“O moleiro avistou-me escrevendo as palavras com tinta preta e bela caligrafia na palma do pé esquerdo.” (pág 12)

“Era sem dúvida uma palavra a ser domada como um Cérbero cheirando a leite.” (pág 22)

“…corri pela rua M sem medo de olhar para trás e avistar a terrível criatura bebendo a tinta que eu deixara cair…” (pág 31)

Tradução: J. Abrão Mendes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 26/08/2008 por .
%d blogueiros gostam disto: