Livros que você precisa ler

Fortimbrás

capa-sc3811

Fortimbrás

Natanael Sá – Ed. Paranambouc – 1980.

Brasil

(1954)

Fortimbrás pode ser o príncipe da Noruega, pode ser o ditador de um país latino-americano que sofre do coração ou pode ser o dono da rua em uma guerra de meninos. Pode ser também um vaqueiro hamletiano ou um empresário viciado em sexo pela internet. Todos os casos se adequam ao personagem principal do romance de Natanael Sá, recifense conhecido mais como autor de inofensivas peças teatrais infantis. No ano de 1980 o autor lançou o seu único e pouco conhecido (mais poderoso) romance (ou volume de contos?). Uma grande sinfonia de temas, motivos e variações habitam a obra com harmonia. A harmonia só não existe entre os personagens que se multiplicam e se matam a cada página. Mas não há vencedores. O autor, um prestidigitador verbal obcecado pela fala das ruas, fez um monumento ao Brasil e à violência que é viver. Fortimbrás é um romance elegíaco, que explora as consequências da ilusão de um mundo melhor e narram em tom desesperado e ambivalente o aumento da violência em seus mais diversos níveis, desde o homem que mata seu cãozinho com um espeto de ferro em brasa à uma imaginada guerra civil entre as cidades brasileiras num futuro apocalíptico. Para Natanael Sá o lobo é sempre o lobo do homem.

Trecho:

“Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiimmmmmmmmmmmmmmmm. Aqui ninguém me acha. Nada. Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiimmmmmmmmm. Não. Xiiiiiiiiiimmmmmmmmm. No peito, pica-pau maluco a bater. Xiiimmmmmmmm. Ai que me canso. Ufa ai. Só de pensar em continuar: doideira. Xiiiiiimmmmm. O tum-tum-tum-tum é aqui. Xiiiiiiimmm. Sai pela boca? Xiimmmmm. Vixe que dói. Ixe. Mas aqui ninguém que me acha. Xiimmmm. Bicho brabo acalmando. Melhor segurar no entre as pernas pro mijo num sair. Xiimmm. Não me pega mais. Xiimm. E os tiros pegaram os outro? Xiim. Oxe, não, ich. Escuro assim só dá cobra e rato. E eu. Rá. Rá. Xim. Ainda tá aqui o livrinho da tia todo rabiscadozinho: Ri, coração! Tristíssimo palhaço.” (Pág. 55)

Hamlet é uma das referências no trabalho de Natanel Sá.

Hamlet é uma das referências no trabalho de Natanel Sá.

Anúncios

2 comentários em “Fortimbrás

  1. Camila
    10/02/2009

    Poxa, esse eu preciso ler mesmo! Adorei as referências ! beijão
    Ca

  2. bernabrayner1
    10/02/2009

    De fato é um tratado sobre o Brasil, suas pequenidades e suas grandiosidades, Camila. beijo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 08/02/2009 por .
%d blogueiros gostam disto: