Livros que você precisa ler

Língua levada

LinguaLevada (1)

Língua levada – 2010 – Ed. Barravento.

Euclides Peres

Brasil

(1955)

Língua levada, este primeiro romance do amazonense Euclides Peres, é narrado por um personagem que, às vezes com a dicção de uma criança, às vezes com a dicção de um adulto, tenta seduzir um interlocutor oculto. Dentro deste grande monólogo que muito se assemelha às gestas medievais, vemos surgir, na tessitura do texto, aqui e acolá, os personagens Walter O. e Ana. Dois apaixonados. Walter é identificado pelos parênteses, tem pouco folêgo. É dono de frases curtas. Já Ana fala por meio de travessões, irrompe com mais força, tem mais fôlego, formula frases mais longas. Estes dois personagens parecem submersos, sua identidade parece consumida pelo poder do primeiro narrador, que se confunde com o ser andrógino imaginado por Platão no seu Banquete.  Uma espécie primitiva de indivíduo, que só posteriormente teria se dividido em dois seres incompletos que se buscam, movidos pela força do amor. O amor em Platão é falta. O romance de Euclides Peres, assim, é sobre a busca da identidade no mundo que busca desenfredamente o amor, o uno. Não é à toa que o nome dos personagens são Ana (Eu em árabe) e W.O (Wo, eu em chinês). Teminado o livro, uma pergunta fica no ar. Quem seria o interlocutor oculto? Um espelho ou um homem que é todos os homens diria Borges, Deus ou o Diabo diria Rosa, a arte no seu mais elevado grau, o amor intelectual, disse o crítico Julian Cardoni.

Trechos:

“Venha, monte cavalos, comigo eu, inteiro, somos cavalos (Queria este tempo de volta, queria poder tê-lo novamente) correndo. Rá, rá.” (Pág. 35)

“Vou preparar um festim para gozos – Eu, Ana, Eu, não sou criança como você, criança primordial, divinidade de toda gente, Eu sou Ana, eu sou Eu, e não só você – poderosos.” (Pág. 95)

“Buáááááá. A flecha de faia com três pernas, arremessada, arrancada, chorava, de mim, separada. Esse dia foi como o Dia do Juízo.” (Pág. 133)

Anúncios

4 comentários em “Língua levada

  1. Mamangava
    24/05/2010

    Cara, você é muito bom no que faz.

  2. Bernardo
    24/05/2010

    Obrigado, Mamangava. Mas acho que o mérito mesmo é de Euclides Peres.

    • Mamangava
      31/05/2010

      Não seja modesto! A seleção dos livros resenhados neste blog é ótima e as resenhas em si são excelentes! Gostei demais de todos os livros que cheguei a ler depois de vê-los resenhados aqui.

      Um ótimo trabalho!

  3. Teno
    25/06/2010

    Berna, tens a versao do Lingua Levada em Braile???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 24/05/2010 por .
%d blogueiros gostam disto: