Livros que você precisa ler

Os dez melhores da década e um poema de despedida

Como é de costume, o nosso blog também elegeu os dez melhores lançamentos da década. Para não ficar só no clichê necessário, publicamos também um poema inédito escrito por Emiliano Krajzenberg para a ocasião da morte do seu amigo Thiago Maduque.

1) Mr. Kalashnikov – Mohammed Ibn Baruk.

2) Agora se usam estas lâminas tão largas – Ulrich Block.

3) Que o diabo leve – Zoe Van Brue.

4) Língua levada – Euclides Peres.

5) Insectos – Emiliano Krajzenberg.

6) Três novíssimas novelas de Gerardo B: Grifo meu, Beemoth e O céu – Gerardo B.

7) A capela dos homens-dragão – Shimabukuro Taro.

8) Também a vida é um animal estranho – José Costa Pinto.

9) Os objetos calados da casa – Henry Tsuan.

10) Melmoth visita o Brasil – José Pereira Coutinho.

Poema inédito de Emiliano Krajzenberg para Thiago Maduque:

Vai dormir, Thiago.

Fecha os olhos.

Neste outro Thiago, bem maior,

Já não há coração

Porque ele é o mundo

Cresceu.

Cresceu.

E cresceu.

Nele o sangue corre como rio até a Argentina.

Nele os hospitais são a casa da gente.

Nele chupa-se cana e anda-se a cavalo.

Vai dormir, Thiago.

Agora sem pressa.

Porque a pressa de viver ficou para atrás.

Em outro mundo.

No mundo pequeno.

Fecha os olhos, Thiago.

E vai à praia.

Porque é praia o amor que a gente sente.

Às vezes calmo.

Às vezes sombrio.

Muitas vezes desconhecido.

Dorme. Dorme. Dorme.

Quando der a hora, a nossa hora, a gente vem te chamar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 10/12/2010 por .
%d blogueiros gostam disto: