Livros que você precisa ler

Cópula

Copula

Charles Siggi Waltz

Cópula – Ed. Mandradore – 1986.

Estados Unidos

(1938)

Cópula é um romance vertiginoso e profano. Aqui o leitor vai encontrar a história de Primeira Pessoa, o narrador que busca lembrar a última conversa que teve com Terceira Pessoa, sua amante morta. Primeira Pessoa é um crítico literário desempregado que ganha a vida como detetive particular na Los Angeles dos anos oitenta e que, escrevendo sua autobiografia, quer, a todo custo, lembrar com exatidão as palavras daquela noite. Essa busca parece levar o narrador à loucura. Primeira Pessoa acredita, em alguns momentos, que é uma reencarnação de Raimundo Lúlio. Cópula, de Charles Siggi Waltz não obteve muito sucesso até ser redescoberto pelo crítico literário John Farrel no final dos anos noventa. O romance de Waltz, hoje aposentado, é uma reflexão sobre as interações complexas entre críticos literários e obras, escrito em uma prosa rápida, que se apropria dos clichês para renová-los. Ao mesmo tempo, é um livro verossímil, estranho, ominoso e até macabro.

Trechos:

“Não lembro bem,  estranho-e-fascinante-espelho-da-vida.” (Pág. 07)

“Quero escrever sobre ela. Sem ela minha vida fica sem sentido. Tenho quer ser, agora, o detetive de mim mesmo.” (Pág. 49)

“O passado assaltara-me novamente. Isso não pode ser um jogo, tem que haver um sentido, Deus não joga.” (Pág 82)

“Adoro o menino que há de sofrer a paixão, há de ser sepultado.” (Pág 167)

Tradução: Carolina Pires.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 10/03/2011 por .
%d blogueiros gostam disto: