Livros que você precisa ler

A alta árvore dos doidos

A Alta Árvore dos Doidos capa2

Publius Notaro

A alta árvore dos doidos – 2013 – Ed. Maipú.

Venezuela

(1967)

Se “Deus é a metáfora que funda a personagem que funda a metáfora quando fala”, como quer o crítico literário brasileiro João Adolfo Hansen, esse livro parece ser uma metáfora dessa afirmação. Este romance poderoso conta a clássica história de um herói com um segredo. E o segredo é a fala. No mundo mítico de A alta árvore dos doidos todos são mudos. A humanidade se comunica apenas com gestos. O herói – ironicamente sem nome – é o primeiro a desenvolver esse dom. Em uma operação notadamente política, Notaro escreve esta história para “dar um sentido mais puro às palavras da tribo”, como disse Mallarmé. Notaro recusa a moeda corrente do racionalismo. Aqui cada palavra é um Deus, um enxame de pequenos deuses. Mas a presença do diabo também se faz notar. O inimigo do herói sem nome é a ideia sem palavra que a designe. A ideia pura. Eis um livro que sabe o peso de cada palavra. O chumbo derretido que há em cada oração.

Trechos:

“Rodopiante, bem a mal, mal a bem, dependendo do vento, a ideia fixa no centro, ainda sem dono.” (Pág. 66)

“E ele se pôs a subir a alta árvore, dizendo que tinha a verdade consigo.” (Pág. 79)

“Aqueles que não caminham na solidão estão perdidos.” (Pág. 99)

“O nada-morto era quando ele falava, notou no alto de sua árvore, a multidão de mudos ao redor.” (Pág.122)

Tradução: Tito Silveira.

Anúncios

2 comentários em “A alta árvore dos doidos

  1. marcosfaria
    23/04/2013

    Uma vez eu pensei num conto assim. Até comecei a escrever. O personagem principal se chamava Nemo, e por se dar um nome ele se tornava o primeiro dos omens (assim mesmo, sem h). Mas desisti.

  2. projetosnopapel
    24/05/2013

    muito bom o seu blog. me lembra as metáforas do Saramago.rsrsr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 23/04/2013 por .
%d blogueiros gostam disto: